Poems

Em si mesmo

Em si mesmo
como espelhos, lagos
polaróides
com revelações instantâneas
feito um filme, fita
24 vezes p/ segundo
24 quadros
na câmara escura
sou 400 ASA voando
cem soluções à vista

Share this poem